Especial Trânsito: Fortaleza pode ser uma cidade mais gentil

Por Gabriela Ribeiro e Aldeson Matos

Cidadãos poderiam ser mais gentis no trânsito

Hoje é possível perceber no trânsito de uma cidade um pouco do relacionamento entre os seus cidadãos. Buzinas, estacionamento em fila dupla e em locais proibidos, travessias fora da faixa de pedestres, passarelas subutilizadas e acidentes. Uma forma de resolver problemas no trânsito foi tomada por Antanas Mockus, um filósofo e matemático que deixou a Universidade Nacional da Colômbia para virar prefeito de uma das capitais mais violentas do mundo, Bogotá, e criou um experimento inovador. Procurando gerar uma consciência cidadã, ele sugeriu uma espécie de “coação social” no que diz respeito à obediência da legislação de trânsito. A advertência era ser zombado por palhaços nas ruas. Atitudes antissociais eram repreendidas pelos cidadãos por meio de cartões vermelhos e brancos que foram distribuídos entre a população. Mockus, que hoje é candidato a presidência da República pelo Partido Verde colombiano, preocupou-se com o meio ambiente, violência e trânsito.

Na gestão de Mockus, o número de homicídios em Bogotá diminuiu 45%, de acordo com o site do Estadão. No entanto, o trânsito da cidade ainda é um problema grave. Conforme reportagem extraída do portal G1, o trânsito de Bogotá é uma versão colombiana do trânsito de São Paulo. No entanto, a violência do trânsito em Bogotá é bem menor devido à implantação da cultura cidadã. Apesar do trânsito de Fortaleza não ter engarrafamentos tão grandes quanto os de São Paulo, a capital cearense apresentou, de 2000 a 2007, uma taxa de mortalidade no trânsito maior. Enquanto a paulista ficou em 14,6 por 100 mil habitantes, a cearense ficou em 18,1, segundo estudo da Confederação Nacional de Municípios (CNM). Esses dados refletem que, em Fortaleza, os condutores são menos preparados, apesar de haver uma frota de carros e uma população menores. Entretanto, os cursos de condutores já têm uma cultura de trabalhar a gentileza no trânsito.

Com a experiência colombiana, conclui-se que é possível diminuir a violência no trânsito por meio da cidadania, mas os demais problemas continuaram. Assim como em Fortaleza há problemas com transporte público, Bogotá também passa pela mesma situação, pois não possui sistema de metrô. Na capital cearense, esse aspecto é agravado pelo fato de não existir uma política de acessibilidade atuante e de ser ano eleitoral. Com as campanhas políticas, há problemas de tráfego nas calçadas e engarrafamentos em frente a comitês de políticos.

Fortaleza sofre, também, com problemas considerados menores, mas que têm influência no trânsito da cidade. Há engarrafamentos causados pelo trânsito em frente a escolas. Há, também, motoristas que não respeitam o meio ambiente e jogam lixo pela janela do carro. As propagandas de conscientização procuram melhorar esses aspectos. Tanto o governo, quanto iniciativas particulares na internet procuram educar os condutores e tornar o trânsito um lugar mais gentil. Soluções que se estendem a iniciativas da própria sociedade civil. Grupos de malabaristas e palhaços buscam entreter os condutores nos semáforos enquanto estão diante de extensos engarrafamentos. Os malabaristas dividem espaço com pessoas que trabalham informalmente nos sinais.

Continue lendo:

Especial trânsito: candidatos devem poluir menos
Especial Trânsito: Gentileza para novos condutores
Especial trânsito: Trânsito gentil na internet
Especial trânsito: serviço é privatizado por escolas
Especial Trânsito: Falta de acessibilidade, uma oportunidade para ser gentil
Especial trânsito: campanhas educativas para melhorar o trânsito
Especial trânsito: jogar lixo para fora do carro é crime e dá multa
Especial trânsito: Falta gentileza ou falta auto-escola?
Especial trânsito: nem com as crianças transito é brincadeira

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s